#Resenha: À Caça de Harry Winston

Lauren Weisberger ficou famosa como autora do best seller “O Diabo Veste Prada”, e buscando seguir a mesma linha de escrita: moda + Nova York + amigas, lançou o livro “À Caça de Harry Winston”. Porém este não chega nem aos pés do sucesso mundial que virou filme há cerca de 10 anos atrás.

A Caça de Harry Winston 2
Foto: Andy Santana

Na história, Emmy, Adriana e Leigh que são amigas desde a faculdade, decidem mudar alguns detalhes em suas vidas. Emmy que acabou de ser trocada por uma namorada mais jovem pelo seu ex, resolve que em um ano irá se relacionar com outros parceiros sexuais sem se envolver emocionalmente. Já a brasileira Adriana que é rica, sexy, sensual e com todos os outros atributos que são tão característicos aos estrangeiros, aposta que em um ano terá conhecido o homem da sua vida e não precisará mais se relacionar com vários homens como tem feito e Leigh que tem uma vida perfeita (namorado dos sonhos, carreira dos sonhos e um apartamento recém adquirido) descobrirá que nem tudo é tão perfeito.

No desdobrar das histórias, as amigas viajam juntas para uma mini férias, se envolvem em dilemas e compras. Leigh se vê no dilema de trocar o certo pelo duvidoso. A trama em si é fraca e clichê, com referências à marcas e lugares badalados de NY poderia ter rendido mais.  A ideia de três amigas descobrirem o amor da suas vidas na cidade mais glamourosa do mundo é fascinante porém não faz nem jus ao título do livro.

Se você não pode ter um lar feliz, destrua um.” – Lauren Weisberger

Livro: À Caça de Harry Winston
Autora: Lauren Weisberger
Editora: BestBolso
Avaliação: 2/5
Páginas: 333

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *